quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Feliz Ano novo!


A todos ameliristas ou não, um sincero feliz ano novo.
Onde esse novo ano que chega, apesar de trazer com ele os velhos problemas, que seja repleto de felicidades e de Paz.
Que as realizações possam estar mais próximas e os corações mais cheios de ternura e de esperança, além das ações também fazerem parte do menu..não existe esperança sem ação, isso acaba send0 ilusão.
Então a todos que por aqui ficam, um feliz começo de ano, que possa vim a ser um recomeço para aqueles que assim desejar.
Brindemos a nós e as nossas conquistas.
Felicitações!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

segunda-feira, 22 de novembro de 2010


Algo paira sobre essas inspirações, será que o que move meus neurônios a criatividade é o desespero?
Sei lá, só sei que hoje estou cansada, até para poder escrever coisas malucas.
Acho que final de ano chegando tudo começa a embolar..
Minhas idéias, agora o meu corpo, qual será o próximo passo.
Coisas malucas vem acontecendo, não é falta de tempo, agente sempre arruma..mais será que é falta do que pensar?
Deve ser.
Tanta coisa para fazer, mais só me da uma vontade, de ficar quietinha esperando o próximo nascer do sol.
Mais vamos com calma, essa rotina que rouba minhas energias e minha criatividade uma hora acaba, e ja está quase, minhas horas no buteco jogando conversa fora também ao de aumentar
Assim espero!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Genealogia da malandragem



A boemia corre no meu sangue...


te amo vô!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

terça-feira, 2 de novembro de 2010

pequena história oral

Com sua lábia afiada até as moças mais puras da cidade
logo se viam despidas em uma cama de motel, ou em qualquer beco mal iluminado.
beatas fervorosas, virgens prometidas, putas regeneradas e viúvas desconsoladas não resistiam á sua conversa mole e seu membro proporcionalmente duro.
Era muito bom de língua e nada lhe escapava aos dedos,

como pode comprovar os grandes e pequenos lábios que até hoje choram de saudades.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Entre olhares e suor, já não sei onde irá parar
Brincadeiras a parte e um sexo de tirar o fôlego..
Os corpos não conseguem a paz desejada se encontrados a menos de 1 metro.
A solução para esse dilema já foi encontrado..saciar o desejo da forma mais tradicional.
Assim se deixar levar, até que um dia alguém canse da brincadeira.

domingo, 24 de outubro de 2010

Ela sempre gostou de altura,
seus namorados eram sempre os maiores da classe,
seu objetivo era morar na lua, assim longe de todo mundo e de lá poder dar risada de nós pobres terráquios,
sempre teve uma personalidade demasiadamente masculina, o que no entanto nunca estragou seu charme de mulher faceira.
Trocar lâmpadas, armar barraca e subir montanhas eram coisas extremamente simples para ela que sempre desconfiou dos homens, e por isso julgava não precisar deles,
Até o dia que um vagabundo enfeitiçou-a com seu violão e seus lábios carnudos e naquele dia ela se sentiu uma pequena menina se entregando aquela imensidão de músculos e pêlos.
Mas em se tratando de malandros, logo se soube o fim da história, muito sexo, mentiras, roupas rasgadas e feridas que jamais cicatrizariam.
Em busca de ventos mais amenos, ela logo descobriu que escalar paredes e corpos nus eram seus esporte preferido e depois de várias trilhas e homens percorridos, criou sua fórmula infalível de prazer,
Adrenalina + testosterona = orgasmos múltiplos.

domingo, 10 de outubro de 2010

Fretei-me co’a tintureira.

Fretei-me co’a tintureira,


mas dizem os camaradas,

que peca pelas estradas,

porque é puta caminheira:

fui contudo à capoeira,

porque faminto do alho

quis dar de comer ao malho:

mas vi-lhe o cono tão mau,

que tive como mingau

Duas horas o caralho.



Gregório de Mattos.


porque desde os tempos de outrora a putaria já se fazia em rima e verso.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Conto feio de uma puta sem destino.



Já era tarde quando ela saiu de casa com aquele microvestido.


Embebecida de perfume e ácido saiu levando consigo as agruras de um dia de cão e de uma noite que por ela não teria fim.


O ponto de táxi estava vazio e o cheiro de terra molhada já começava incomodar por conta da fina garoa que caía insistentemente.




Era muito mais tarde ainda quando ela chegou onde queria, e um vestido que além de curto, agora transparente mostrava os contornos de um corpo não tão magro, não tão esguio como fora um dia mas que com certeza exalava o odor da experiência, da indecência e de uma raiva incontida que pulava para fora dos seus olhos manchados e do seu decote exagerado...




Quando era dia, já não se sabia mais se o molhado era de chuva, de lágrimas ou de sexo.


Foto: Jean- Paul Nacivet







sábado, 2 de outubro de 2010

"Bocas magílias"




Um dos cantos dos meus lábios se partiu


Está em carne viva.


Dói!


Mas eu aguento...


Foi o veneno que escorreu por ele hoje.


Enquanto o corte, que se abria lentamente, não incomodava


Eu desfrutei...


Bem, não foi apenas eu quem conseguiu tal proeza


Pelo menos mais quatro sentirão um ardor hoje à noite.


Mas é assim..


Sem importar com tamanho do incômodo consequente


Começa-se com um puxão de cabelo e um tapa


Termina... sabe-se lá onde.




(sobre conversas que não deveriam terminar...)

Aviso aos navengantes:

Na última sexta-feira foi realizada uma Assembléia ordinária( tão ordinária, quanto as quatro pessoas presentes) e após horas de acalorada discussão( e bote calor nisso, devia ser o fogo do povo!) foi deliberado pela ala feminina amelirística que seria reservado um dia da semana para que se falasse sobre putaria no blog, pois chegou-se ao concenso que esse é deveras um assunto sério. Além deste irrefutável argumento, há ainda o fato deste espaço permaneçer em repouso de suas atividades por um período excessivamente longo, portanto eu como presidente da mesa e no uso das minhas atribuições informar-vos que todo domingo será dia de falar putaria aqui no Amelírio.

Eu Ana, lavro e assino essa ata.




Bárbaro faltou você na reunião, mas acho que estavas ocupado demais com uma garrafa de vodka...

versos de biblioteca

Achados de um tempo distante, ele era apenas um garoto um pouco anti-social que cultivava uma imensidão de cabelos tão pretos como suas roupas e ela uma menina que via poesia em qualquer pôr-do-sol:

Doces deletérios da beleza

No espelho da Vênus desalmada
Vejo-te errando em passos trôpegos,
na esperança inóqua e inútil
de reerguer o que nunca existiu
Me perco ao olhar-me dentro
dos teus olhos e sinto a dor
da distância em tua presença...
 Troveja dos lábios da ninfa Eco
Uma anátema venenosa
que desvia as cadentes flechas de Eros.
Acertam meu peito a lembrança,
a saudade, a nostalgia, o vazio...
Certezas entalhadas por lápsos relâmpagos de lucidez.




18/04/07

Ana / Mosqueteiro.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

"Um dia como esse, de Cosmos e Damião. Você pode até dançar com Damião.
Mas quem contrariar, a lei do Cosmos. Não vai pagar, já paga ao contrariar..."

terça-feira, 21 de setembro de 2010

As noites já não são as mesmas, muito menos os dias.
O embalo dos sonhos modificam-se de forma brusca.
O ritmo que me embala já foi ouvido antes, mais não dançado com tanta vontade e empolgação.
Agora sinto que dançamos a dois, mais não por obrigação ou pena, mais por desejos e vontades.
Sinto a brisa e o suor descendo com a vontade de me permanecer nesse êxtase, mais o tempo não é meu amigo e me atormenta fazendo correr em direção ao que não quero..

acho que algo me retorna..

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Um belo dia, vejo pela minha janela, mais os passarinhos não vinheram me dar o bom dia esperado com seu canto doce. Será que foram presos, ou mortos?
O sol clareia os dias que a outros momentos estavam frios e sombrios. Daqui a uns dias vai fazer um calor!
A noite não mais tão frias assim, menos melancólicas..porém mais cansativas.
Vontades? Até que tenho, mais não tenho a disposição.
Não sei o que se passa, as vezes penso que não sou normal, mais ai olho em minha volta.. e tenho a certeza..se normal é o que estou vendo prefiro ser a estranha.
A normalidade de lindos dias me assusta, as piores tempestades brotam dos melhores e mais belos dias. Mas mesmo assim curto e me aproveito deles, com os dois pés atrás lógico, sempre bom esta atenta.
Mais de fora é isso essa rotina que inibe qualquer criatividade e disposição

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

cade todo mundo?

É Ana acho que tens razão, algo paira sobre esse blog.
A uma nuvem sobre as(o) amerilistas que não desenvolve muita coisa.
Lendo a descrição me imaginei nela, e me perguntei, "será que realmente acabou.."
Acho que a inspiração foi sufocada com a quantidade de afazeres que atormentam nossas almas.
A poesia esta sendo sufocada por uma rotina que repudiamos, ou será que os problemas acabaram..só se for de começar.
A cada novo dia uma luta é travada, agora com um novo ser entre nós, em que tudo devia ficar mais inspirador, a linda flor que acaba desabrochar nos traz uma alegria incomensurável, um perfure adorávelmente doce.
Acho que o tempo nos martiriza.
Mais fazer o que, se o vento que hoje sopra me refresca..não mais seca as lágrimas que um dia fizeram cair.
Meu sorriso hoje já não esconde a tristeza de outros dias, e nos olhos a esperança de um lindo amanhecer.
É digo por mim, do restante não sei a que fim se deu, em outros tempos saberia distinguir o que se passa. Hoje está tudo distante.
Como já dizia Ana, acho que os leitores, se ainda tivermos irão nós deixar, nem ao menos as moscas conseguira sobreviver nessa monotonia toda

domingo, 5 de setembro de 2010

Aos leitores...


Alguém pode me explicar porque esse blog anda tão parado?
o que está aconteçendo?
A Doroth embarcou em um navio que cruzará o Atlântico, e com seu aflorado comportamento aquariano, não me surpreendo se ela se jogar de lá sem bote salva-vidas ou superbonder para colar os pedaços do coração.
A Mandy talvez já tenha resolvido seus problemas sexuais-afetivos ou descobriu que ela não é a responsável por todas as catástrofes do mundo.
Serenada agora muito bem acompanhada tem passado dias melhores e porque não 'mais quentes', onde a luz do sol reflete seus olhos verdes, invejados por quase todo mundo!
O bárbaro, agora me pareçe não tão bárbaro assim, talvez não se interesse mais por samba, suor e mulheres complicadas.
E a nossa afro-asiática? dessa não se sabe ao certo seu rumo, pode até ter sido seqüestrada por um plebeu disfarçado de príncipe levando-a para um país tão tão distante, onde nenhum outro homem poderá deseja-la.
A Ana já não tão apimentada assim, fica cada dia mais doce, agora existe um ser que ocupa suas noites e madrugadas e lhe suga junto com o leite as palavras e pra ela nada mais importa além de adimirá-la.



Espero caro leitor ( se é que ainda existem...) que tenham compreendido os nossos motivos e a nossa falta de inspiração, se é que o problema é esse...

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

conversas III

-Oi, o que teremos hoje para o jantar?
-Você baby!
-Mais assim sem nada para acompanhar?
-Sim, lógico, o bom e velho acompanhamento, regrado de muito suor e de desejos.
-Hum?! E o que seria?
-As boas conversas desconecsas e malucas!
- Que tal começarmos a "refeição"?

sábado, 14 de agosto de 2010


Eu vou tirar você de letra
Nem que tenha que inventar
Outra gramática
Eu vou tirar você de mim
Assim que descobrir
Com quantos "nãos" se faz um sim.



*Viva o mestre Itamar!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Ressaca.


Hoje de manhã acordou muito mal, a garota...

doía a cabeça, as pernas, o juízo!

cada gole de água parecia uma reconstituição de parte de um corpo que só pedia descanso...

um sono...

mas espere..isso não tem nada a ver com mau-humor..

porque até agora, a garota bebe água, soluça e ri

ri desesperadamente.



quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Bem vinda!


Hoje a um motivo a mais para comemorarmos, um novo dia nasce e com ele uma alegria maior e com nome, acho que o sobre-nome ainda esta por vir.
A muito esperada luz resplandece sobre os nossos olhos e hoje, em especial depois de ontem, estariamos a comemorar e a festeja mais do que antes.
Vim aqui desejar boas vindas a mais nova integrante do clube, como coração transbordando de alegria.
Bem Vinda, será sempre querida no meio desses loucos!

domingo, 1 de agosto de 2010

E assim continuamos..

Algo esta por acontecer, mais não sei o que é.
Essa calmaria as vezes da uma doideira danada.
Coisas acontecendo, e acontecendo, e no final uma satisfação meio que estranha.
Não tem estresses, problemas chegam, se resolvem e se vão
Mais o estranho que não deixam nada, nem uma pontinha de angustia.
As vezes penso que to num sonho prestes a acordar, ta tudo tão tranqüilo.
Nota-se que ate por aqui esta tranqüilo, deve ser o dia, a noite..a falta da boemia.
O excesso do que fazer, a expectativa de um novo ser.
Mais deixa como estar e vamos a imaginar como será nossos belos dias que estão por vir, nossas musicas que irá ser tocada com freqüência, nossas noites mal dormidas , nossos sonhos a serem compartilhados.
Nossas expectativas imaginadas, minha falta do que fazer será aclamada.

E agora eu pergunto, será que ainda demora?

terça-feira, 20 de julho de 2010

Aos Amigos

Seja la quem for! E a qual categoria se encontrar!
A todos que se intitulam e aos que não sabem que são.
Não somente hoje, mais toda a minha eternidade.
Obrigado por fazer parte de minha jornada, seja os que foram, os que estão por vir, ou os que me acompanham e me aturam.
A todos um salve e um obrigada.
No final o que restará, são as boas companhias e/ou as lembranças dos bons momentos!
Para não ser clichê não intitulo hoje, simplesmente, como seu dia, mas hoje me permito sair de minha casca e exteriorizar a importância que tens para mim.
Finalizo com meu muito obrigado, não simplesmente por uma obrigação do dia, mais por um reconhecimento da vida!

domingo, 18 de julho de 2010

Nua e Crua




"E ter que acreditar num caso sério e na melancolia que dizia
Mas naquela noite que chamei você fodia, fodia
Mas naquela noite que eu chamei você fodia, de noite e de dia
Há sempre um lado que pesa e outro lado que flutua. Tua pele é crua. É crua..."

sábado, 10 de julho de 2010

Meu coração pirata...

Porque toda mulher que se preze, mereçe um Jack Sparaw,
a sensualidade desses olhos inebriantes somados aos seus dentes cariados e hálito de rum, são de enlouqueçer. Não esqueçendo ainda do seu humor ácido e capacidade de se dar bem em qualquer situação, ás custas dos outros, claro!
Com ele eu iria até pro fim do mundo em um navio caindo aos pedaços e o tédio ficaria do outro lado do oceano.



* um brinde aos ébrios, vadios e canalhas!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Ah um dias atrás poderíamos ter imaginado ela de tantas outras formas.

Mais agora não há somente uma forma dentro dela.

Especulações vão e vem, mais no final ninguém conseguira prende-la em rótulos.

Ela sempre será muito mais alem do que se possa descrever as palavras ou as especulações.

domingo, 4 de julho de 2010

Diagramação de uma história inusitada.


...

ela já sabia!

e até contou por aí, sem delongas e rodeios...

maluca...

e se eu te disser que ela nem ligou?

sério?

ô!

fingida!

pois...

ah sim, e mandou te dizer que está bem feliz...apesar de cansada da viagem de volta.

hum..

mas, bem feliz...

quarta-feira, 30 de junho de 2010

o último encontro

Hoje nossos olhos se encontraram por longos segundos e elaborei mentalmente uma simples conclusão: formamos um belo par, mas só assim distantes um do outro e isso não me aflinge mais.
Eu e minha desconfiança capricorniana criaram uma ponte entre nossas afinidades, por isso você fica melhor nas minhas recordações inesperadas do que no meu porta-retrato.
Há coisas que só podem ser imaginadas, não vividas, afinal de contas você não suportaria por muito tempo meu mal-humor matinal ou meus ataques furtivos de carência afetiva.
Só quis te poupar de todo esse constrangimento e sentimentalismo idiota, assim você só lembrará de mim como aquela menina dos olhos verdes dos tempo de outrora, tempos de pôr-do-sol e risos desconcertados.
Não teremos canções para dividir, nem cartas para rasgar, a partir de hoje começaremos de outra forma, não menos carinhosa, só de uma forma possível.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

profanação de um suspiro


Talvez a gente se encontre perdidos por ai, ou quem sabe achados, ou ate mesmo nos achemos ao nos encontrarmos?!
Nos sonhos e na imaginação já esta tudo programado, só falta esperar pelo tempo, que insisti em passar devagar.
Cada reencontro é um novo encontro, não importa como ele aconteça..pode ser ao vivo, pelo telefone, pela internet, sei lá, o importante é ter a certeza de que o sonho é sonhado a dois.
"..Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto é realidade." como ja dizia meu mestre Rauzito.
A certeza de um sonho sonhado a dois abre as possibilidades de uma realidade próxima, não sei o quanto, só sei que tenho fé que ela há de chegar.
Frases soltas, e o desabafar das angustias fazem parte, mais o pressagio que melhor surge é quando uma pequena frase incumbida de tamanho significado é pronunciada.
Cada dia aumenta a esperança, vontades, desejos, receios de uma só vida já imaginada antes. A esperança que persegue um ser humano pode ser a pior arma contra ele, mas também, pode se tornar o melhor aliada em alguns momentos.
Mais é sempre assim, um dia feliz, outros nem tantos, ou simplesmente a saudade surge no "encalce" do coração, deixando os dias mais melancólicos e com um doce sabor do passado, esse nem tão distante assim.

terça-feira, 8 de junho de 2010

seu olhar vagabundo de cachorro vadio...


Queria outra vez, nossos corpos unidos e suados, ouvidos grudados,
sem saber direito qual era mesmo aquela música,
ainda lembro teu cheiro,
permaneçe imune aos atuais acontecimentos
exala por entre as rosas do meu vestido estampado
e vez por outra se faz presente nas minhas fantasias...



Na maioria das vezes as coisas vão acontecendo que nem percebemos, mais e hoje?
Ou sou eu que estou vendo demais, ou realmente acontece muitas coisas?
Essa constância de dias movimentados mais sem muita quebra de rotina acaba com qualquer criatividade.
Vide os nossos blogueiros, mal dão as caras por aqui.=/
Mais assim que a banda ta tocando, coisas sobrepostas, obrigações pulsando, rotina louca e mal organizada e mesmo assim há uma necessidade de esta aqui, simplesmente por uma necessidade adquirida.
É pode ser, muitos devem me achar uma louca que não coloca sentido nas letras.
É pode ser, acho que so quem presencia é que sabe qual é a real.
Mas de um modo geral, cada um sabe a dor que carrega e as feridas que tem que curar.
É realmente me deu uma loucura extra, como sempre.rs
Inspiração é a conseqüência de uma piração que precisa ser expurgada. Pelo menos as minhas sim (=])
E são tantas que vem me sucedendo, também, a sua é uma delas, pode ser te a maior..mais não é a unica..será que as outras derivam de você? Já não sei mais, não tem problema, para que respostas?
Gosto delas, mais sempre são complicadas

segunda-feira, 31 de maio de 2010

simplesmente saudade

É não sei, mais acho que é a saudade que já não tem onde me perturbar e vem ate aqui para conseguir ser exposta..para ser extravasada e fazer com que todos vejam que ela esta presente.
Mais para que isso? Se todo mundo ja sabe, e estão cansados de ouvir-me dizer mil coisas sobre você?
No final, ou começo, ja não sei mais.
O que me assombra são as possibilidades, as vontades e as lembranças..essas sim fazem parte de uma boa passagem.
Já sabes o quando dominou e modificou minha rotina..
Passagens que perturbam até hoje as minhas noites, tão mais sozinhas e vazias, na expectativa sempre de um oi, mesmo que distante.. só de te ver/ouvir/ver, mais uma vez, já me acalmaria.
Ah! a expressão de um doce sorriso seu.
A vontade de presenciar mais uma vez o sorriso de menino maroto, de que tem o mundo a conquistar, e o pior, sabemos que isso acontece, e que conquista e {des}conquista num lapso de segundo que poucos acompanham..
Mais sempre na expectativa de não sei o que, na espera de um futuro que não sei se chega..
Imaginando e desconstruindo sonhos e vontades que se rompem tão rápidos
É..sei que isso tem dimensões inimagináveis, que poucos conseguem entender.
Mais de que adianta explicar, ninguém vai querer ouvir ou entender..é mais fácil julgar os fatos do que entender os acontecimentos..
Então a mim so resta viver e [re] viver cada segundo passados com a sua presença, ou na lembrança, ou ate na espectiva de novos dias..sem ligar para os maldizeres.."ela é muito besta"(novidade, isso eu ja sabia), "novamente" (é sempre dá uma nova chance ao coração, mesmo que seja cilada), "vai idiota" (pode ate ser)
No final de tudo isso, das vivencias e comentários, sei que terei a certeza de que se eu vivi, fui feliz ou se me "fudi", isso foi por que eu quis, e acreditei ate o final que valeria a pena!
E esta valendo..

quarta-feira, 26 de maio de 2010

o dia chega e a noite se vai, e assim os dias vão se passando..
A rapidez das coisas se confundi com a ansiedade dos acontecimentos..
Mais que acontecimentos?
Sei la..tudo que envolve o desenrolar da vida..rotina, a quebra da rotina, as surpresas (as vezes nem tão boa assim)...
no final o que mais prende as expectativas é a esperanças.

domingo, 23 de maio de 2010

so quando chegar..


É pode ser..
Mais não é tristeza, é só a saudade que já começa a me incomodar.
Saudades de que?
De tudo, do dia, da noite, da madrugada..
Coisas cotidianas, mais que deixaram saudades
Mais não se iluda, que no final tudo dará certo..
Mais que final é esse? acaba quando?
Sei lá..o que eu sei é que tudo teve seu gosto, de um adocicado misturado com um sabor de chocolate, assim os dias conseguiram ficar mais saborosos.
Vamos vê o futuro que nos espera, vivendo um dia de cada vez
Tem coisas que realmente não mudam..e isso eu sei bem..
Principalmente os sentimentos, podem se transformar - evoluir, para melhor ou não, mais no final acaba sendo uma transgressão do que se passou, o meu passado que o diga..
Passado bom ou não, o presente se mostrou diferente
E sabe de uma? esqueçamos o passado e prossigamos com o presente!

sexta-feira, 21 de maio de 2010

o humor também faz parte do menu!




... e se ele for qualquer coisa de sórdido ou pornográfico agente não abre mão.

Serenada, essa é pra você!

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Sem lençol.


O seu perfume invade a escada

a sala

a roupa

a toalha

o quarto

o corpo

minha cama...

e a escada some

o sala vazia

a roupa no chão

e

no quarto sem sol

corpos quentes...



minha cama.

terça-feira, 18 de maio de 2010

..tempo


Os dias vem passando em uma velocidade que eu não saberia dizer..
Já estamos no meio de maio, e essa semana, em especial, vai passando tão rápida..logo essa semana.
Não poderíamos parar no tempo e ficarmos assim por um bom tempo?
Mais não..o tempo parece que sacaneia com a gente, quando pedimos a ele que pare, ou que ande mais devagar..ele corre como se estivesse sempre atrasado, com compromissos inadiáveis.
Isso chega a ser desumano, mais o que resta é aproveita esse tempo que ainda temos.
"Vivemos e deixarmos viver", sem pressa e sem ressentimentos, o que importa é o importante e que o tempo vai continuar a passar, mais pode ter certeza que de forma lenta!!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

'' Nina"

Quando você vier
Venha sorrindo
Como num sonho lindo
Para combinar com seu
Pai
Que está muito feliz
Sua mãe também
Os avós que você tem
Todos escolhidos por
Deus
O pai maior
Bem mais que a nossa felicidade
E até que os nossos esforços
Para que você encontre um mundo melhor.
Quando você chegar
Se achegue de fato
Pois em sua inspiração
No ato da criação
Ele fez uma morada em meu
Coração
Para você poder habitar.
Quando você vier
Venha sorrindo
Como num sonho lindo
E como o sol a brilhar.

Claudio Elias Rodrigues
16/05/2010

sábado, 15 de maio de 2010

'...o seu olhar me trás a alegria de outros dias, angustia do futuro e os um dos melhores dias do meu presente.'

terça-feira, 11 de maio de 2010

Você passa, eu acho graça...


"Ah, e agora, você passa,
eu acho graça
Nessa vida tudo passa
E você também passou
Entre as flores,você era a mais bela
Minha rosa amarela
Que desfolhou, perdeu a cor."

Ataulfo Alves


Em dias de melancolia, só o samba salva!

sexta-feira, 7 de maio de 2010



A falta de inspiração ainda me persegue, porque é sempre mais fácil escrever quando a alma está doendo, quando a mente está atormentada, quando não se sabe qual caminho seguir e qual decisão tomar. De repente me sinto como se já tivesse tomado todas as decisões mais importantes que uma pessoa tem que fazer na vida. É realmente estranho, tenho 21 anos, vou ter uma filha, já casei, não sei se sou agnóstica ou mística, sou quase  historiadora e pareçe que passei por tudo isso sem levar em conta o peso das responsabilidades. Acho que muita coisa foi aconteçendo ou eu mesma permitindo sem muita interferência que elas acontecessem, talvez a falta de tempo de pensar em mim, no que eu realmete queria. Logo eu, uma pessoa tão determinada, tão crítica, tão sagaz!( ó quanta coisa e me julgo ser). Não que eu me arrependa de tudo que fiz, ou do que deixei de fazer, mas agora preciso pelo menos colocar todas as cartas na mesa pra decidir qual o melhor caminho a seguir, por que ainda não estou totalmente convicta da força do destino.

terça-feira, 4 de maio de 2010

mais conversas!!


Sim, iai?
Oi?
O que eu disse?
Não me lembro mais.
Sei lá o tempo, a falta dele ou a falta de algo mais..
É! Também não sei o que pode ser essas doideira.
As coisas voltaram ao normal, eu sei..dei uma ajudinha nisso.
Você também? Lógico, nós formamos um dupla e tanto ne?
Vamos deixar que o tempo passe, que o dia chegue e se vá. Que a noite volte, e brote como uma gota de orvalho na planta mais bela, cheirando a um perfume doce (porém não enjoado) que é exalado com a ajuda da brisa que a noite suspira..
Ah para de me interromper!!!
É eu sei disso também, viagens e viagens de uma mente que já não sabe o que se pensa, e por isso pensa em tudo..
A mais é divertido, no final damos boas risadas disso tudo.
E eu alivio minha mente perturbada com o não sei o que. =p

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Seca.



E você, o que faria, em?
se me visse nua
molhada
quente
mordendo o lábio
mostrando os dentes
bêbada
medrosa, enrolada, caindo, encantada
e gritando bem alto:

_Te amo.

domingo, 25 de abril de 2010

numa noite ai!!

Ao sair pela noite, a gente não espera nada e ao mesmo tempo tudo.
No balançar das folhas, a brisa canta uma canção doce e suave.
O que boa companhia não faz.
Até os piores locais, se transformam em perfeitos paraísos, com conversas agradáveis e um vinil, ou vários, simplesmente para o deleite dos olhos de poucos curiosos que não enxergam somente como decoração, se transmutam de lugar.
A lua dessa vez nos acompanhou tímida, mais porque naquela noite, a noite não era dela, o que esperava naquele dia incerto, era um boa conversa em um boteco qualquer, boas risadas, alguns romances, seja eles os vividos ou os contados, e porque não viagens doidas que sempre eram interrompidas com um "pera, que vou pegar mais uma".
E assim a noite foi chegando, foi adentrando, foi quase se despedindo com a gente, para no dia seguinte deixar um gosto saboroso de quero mais, misturado com o alívio de na noite acontecer o tudo!

sexta-feira, 23 de abril de 2010


Caso ou compro uma bicicleta?!

terça-feira, 20 de abril de 2010

O Segredo dos teus Olhos


" As pessoas podem mudar tudo: de cara, de casa, de família, de namorada, de religião, de Deus...
 mas tem uma coisa que não se pode mudar, Benjamín.
Não se pode trocar de paixão."




temo
teAmo

Admite...?


Pode admitir...
Não vai ficar feio, mesmo para um machista inveterado feito você.
Juro, guardo segredo!
Mas diz logo...
Que se embriaga com o som da minha voz
E que os meus olhos têm um "Q" de hipnóticos para você,
Que está grudado em meio as minhas teias
(de mistérios), totalmente entorpecido.
Que se perde e se acha
Nos labirintos das minhas
Pernas, prosas e atos.

* Espera... deixa eu tirar essa "mordaça" um tanto mordaz.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

A noite floresce

Porque você sempre volta a mesma direção?

Sempre apontando para o mesmo lado, o da instabilidade

O horizonte nós espera, o dia já vai ficando claro

E a noite que nós acolheu tão bem agora se despede

Mais essa despedida ficou com um gosto bom!

Um gosto de quero mais, de que foi diferente!

Ao som das mais loucas músicas, que só tocavam no meu ouvido, consegui te ouvir.

Mesmo de longe, o som parecia tão perto..

Ou era o inverso..de tão perto, você me pareceu longe...

Não sei mais, a noite já foi e com ela algumas coisas

Menos, a saudade.

Esta dai virará minha companheira..(Se já não era de longa data é como se fosse).

Uma bela vontade chamada saudade: invade, ocupa, desocupa um território fechado para reformas, aparentemente improdutivo.

Olhando de mais perto notemos que a produção nunca para, e que o terreno aparentemente inóspito, a muito semeia flores de beleza sem igual com perfumes nunca antes sentido.

Essa flor sempre brotará

sexta-feira, 9 de abril de 2010

conversando..


_Ei!! Já te disse que não da, o tempo é curto, a vida é longa..temos muita coisa a experimentar ainda..
Oi?
Não, não..você quer ficar nessa, sofrendo por sofrer! Fala serio, bola para frente!
Tá eu sei que não tem como você jogar bola, mais isso foi só uma metáfora, o que eu quis dizer foi..
Calma, pensei que você não tinha entendido realmente.
Para que esse estresse, apesar das nuvens o dia esta tão agradável, os dias frios nos permite nos aconchegar melhor.
Sim, mais isso não importa..
Não mesmo, o que importa é que eu tenho a você e você tem a mim..
Ta eu sei, mais de que importa? Se o importante é sentirmos bem e estarmos interligados numa mesma sintonia?
Você sabe muito bem que se você não está bem, eu também não fico..
Então para que tanto rodeio?
É, eu sei..você é muito bobo e as vezes exagera, cabendo a mim ter que concertar suas bobagens..
Mais não se preocupe, apesar de as vezes ficar com raiva de você eu te entendo..alguém tem que pensar enquanto outro tem que sentir para que assim possamos ser perfeitos e complementares..
Agora vá descansar, depois dessa tempestade toda, de todas as nossas brigas, acho que merece um momento de paz!

*conversa entre o coração e a mente!!

quinta-feira, 8 de abril de 2010

o que ainda me inspira...




"sempre quero mais do que posso e posso menos que faço e faço pouco para não assustar e afastar das minhas mãos todas as minhas paráfrases, pleonasmos e metáforas.
fico com meus silogismos, metonímias e aliterações que não te bastam.
fico com as paredes do não dito e o abatjour da meia luz."



texto: Juliana Hollanda
ilustração: Sirc

domingo, 4 de abril de 2010

'Querido'


Não..o meu filme não acabou..
mas talvez tenha mentido quando disse que estava apenas começando.
e é verdade...assistir o mesmo filme mais de uma vez até que é bom..
aquela cena que você perdeu, não entendeu...aquela frase que você não assimilou
e nas outras vezes ele(o filme) parece beeeem melhor,
ou não.
e aí aquele filme que encantou a primeira vez não é assim tão interessante...não emociona tanto, não é tão divertido.
e você descobre que na verdade perdeu muito tempo assistindo um filme que é um fracasso e...
lá no fundo da estante enferrujada na sua videoteca...
descobre outro recorde de bilheteria!

vejo, sem querer ver

Finjo não ver que seu olhar sempre procura o meu, que minha felicidade estava ao seu lado

Mais por quê?

Por medo, receio, ressentimentos muitas bobagens

As conversas nos corredores sempre me deixará mais receosa

Todo mundo querendo dar palpite, querendo ser o dono da razão

Me mostrando mil e uma alternativas

Mais o que me aconteceu no final?

...

Nada, me escondi atrás de uma mascara e fiquei por muito tempo presa debaixo de uma tonelada..

Mais ao consegui me liberta, saberei que foi no momento exato, no momento de libertação..

sexta-feira, 2 de abril de 2010



Minhas respostas estavam no teu olhar, mas eu nunca me dei conta disso...

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Chegada da Alvorada


No alvorecer do dia, os raios emanados pelo sol parecem cegar-me.
Mais hoje aconteceu o contrário, limpou meus olhos para que eu possa ver melhor o dia que chega.
As cores vão tomando novas proporções, suas misturas parecem pintura, e invadem meu ser.
Agora, posso ver melhor o verde da planta, o azul do céu, o vermelho do meu sangue e a transparecia de minha alma.
O sangue que correr por entre minhas veias, hoje possuem uma outra intensidade.
A cor de minha casa é vibrante, e não está mais em preto e branco, a melancolia agora é deixada para outros tempos, que se localiza no passado.
O dia bonito que faz la fora, veio despertar meu coração...
e conseguiu, depois de uma linda noite de lua cheia- é acho que esses raios me invadiram e modificou algo enquanto dormia - vem o dia com um sol lindo la fora..
E um breve convite a sair do casulo..mesmo não sendo uma bela borboleta colorida, mais, com direito a voar e buscar outros céus e outras cores..
O poder dos raios coloridos nós trás milagres, agora só deixarmos que eles façam a parte deles e ajudemos onde nós for solicitado..
Assim novas portas se abrirão, e a gente??
...deixa para lá!
São tantas coisas.
Mais hoje, a partir de hoje eu não quero mais chorar, o sol brilha la fora, mesmo com nuvens a tentar tapa-lo, mesmo com o frio que pode faze, mesmo com a noite que chega..ele sempre está la
Radiante, quente e esplêndido..Chamando a aventuras

Mesmo por detrás de uma lágrima (ou nuvens) encontremos um sorriso(ou o sol), então para que as lágrimas?
Para limpar os olhos depois de um momento de estagnação momentânea e que nós deixa cego, para podermos enxergar a beleza do alvorecer de um belo dia e aproveitarmos ele de verdade

Bom Dia ao dia, e aos que fazem meu dia realmente serem bons - a pesar das mazelas do coração - , durante todos os dias o dia todo..

sábado, 27 de março de 2010

a visita que se esperava


"-Oi?! Pois não?
..Ah ta, é você! Pode entrar, sente-se por favor.
Um chá, café, suco, água?
Não? Então tá..
A dona da casa? Saiu, mais volta já já..
Deve ter ido na rua, ou na lua, limpa a mente, esvaziar o coração...algo do tipo
...
Porque demora tanto? São tantas coisas: transito, pensamentos pertinentes e inconvenientes, conversas nos butecos regrada de risos e desabafos, essas coisas rotineiras...
Mais não se preocupe ela estava mesmo a sua espera.
Queira me da licença e fique a vontade..

Ah!! Mais não tão a vontade assim, a senhorita não gosta muito desse tipo de intimidades, nem de invações, mesmo as sentimentais..
Ah você não sabe?
Então sinto lhe informar mais é hora da descoberta..e isso eu nao posso te ajuda!"

quarta-feira, 24 de março de 2010

sou datilógrafa, sou virgem e gosto de coca-cola


"Vazia, murcha e ausente de si mesma, vagando sem saber de si nem do mundo, abaixo do salário mínimo, entre a rua do Acreais  e a do Lavradio, com passeios dominicais pelo cais do porto. Sem espaço para para o apetite em sua grande fome, precisava do outro para não se perder em seu próprio vácuo."

terça-feira, 23 de março de 2010

Agora vá..

È pode sair.

Mas saia rápido e sem deixar nada..

Nem ao menos as lembranças, que um dia poderíamos ter compartilhado.

Leve com você a esperança da sua companhia e a tristeza da sua ausência.

A um momento em que tudo pede alguma direção.

E acho que a gente conseguiu isso.

As vontades hoje já não são mais as mesmas nem os objetivos.

Já não podemos compartilhar do mesmo sonho, nem das mesmas angustias.

No final o que fica é a certeza de que ira ser encontrada uma paz.

domingo, 21 de março de 2010

...


E morreremos assim, cada vez mais 'inconclusos'



* as reticências certamente ficarão nas lápides.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Hora do Planeta


No sábado, 27 de março, entre 20h30 e 21h30 (hora de Brasília), o Brasil participa oficialmente da Hora do Planeta. Das moradias mais simples aos maiores monumentos, as luzes serão apagadas por uma hora, para mostrar aos líderes mundiais nossa preocupação com o aquecimento global.

A Hora do Planeta começou em 2007, apenas em Sidney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades participaram. No ano passado, quando o Brasil participou pela primeira vez, o movimento superou todas as expectativas. Centenas de milhões de pessoas em mais de 4 mil cidades de 88 países apagaram as luzes. Monumentos e locais simbólicos, como a Torre Eiffel, o Coliseu e a Times Square, além do Cristo Redentor, o Congresso Nacional e outros ficaram uma hora no escuro. Além disso, artistas, atletas e apresentadores famosos ajudaram voluntariamente na campanha de mobilização.

Em 2010, com a sua participação, vamos fazer uma Hora do Planeta ainda mais fantástica*

*texto retirado da comunidade: Hora do Planeta

Maiores informações no site:

Tem também o link de um vídeo no youtube muito legal, é em inglês bem fácil de interpretar^^

Faça sua parte^^